WMSA LOGÍSTICA

Blog sobre Logistica, Transporte e Armazenagem

POSTPONEMENT

Segundo o dicionário Webster, “postponement” significa

“posicionar depois, em termos de local, ordem de precedência, prefe-

rência ou importância; colocar em um tempo posterior, diferir, pos-

tergar”. ‘

Na visão logística, uma pergunta fundamental e freqüente é

a de para qual lugar, para que tempo e em quais quantidades

serão entregues recursos para o próximo passo da cadeia de su-

primentos, quer seja a produção ou a venda. Uma vez que não se

trata de demanda firme, pois para esta existe menor necessidade

de tratamento de previsões e erros a priori, mas trata-se, sim, de

demanda prevista e, ainda, por uma série de períodos em que

se necessita de “uma aposta” no futuro, o postponement toma um

lugar de destaque, na visão do custo total da cadeia de supri-

mentos.

Quanto mais tarde se der a decisão da quantidade e local de

colocação do recurso, maiores chances existirão para adequações

possivelmente necessárias, ocasionando menores perdas. Utiliza-

se a postergação da fabricação, montagem, embalagem, enfim,

de passos de um processo produtivo e logístico, conhecido como

postponement, para reduzir os erros que, com o passar do tempo,

poderiam ser evitados.

Significa dizer que, com o passar do tempo, se deseja tomar deci-

sões o mais tarde possÍvel, permitindo flexibilidade para rever,

redirecionar o sistema produtivo ou de vendas.

Em se tratando de previsão e de decisões que devem ser to-

madas antes de existirem demandas firmes, o postponement é

uma técnica importante e que pode influenciar fortemente a

competitividade empresarial, principalmente em questões que en-

volvem projeções e previsões significantes.

O objetivo do postponement é o de reduzir as margens de erro

com as necessárias decisões, em ambientes probabilísticos, influ-

enciando os custos de estoques e os custos de transportes, sem

esquecer dos custos da reversão ou reconstituição, significativos

e necessários.

Os tipos mais comuns de postponement são o de etiqueta-

mento, embalagem, montagem e fabricação, mas não podem ser

negligenciados os referentes à logística de suporte, ligados aos

sistemas de apoio à produção, movimentação de pessoal, enge-

nharia de base, manutenção e correlatos.

Assim, postponement pode ser visto como o retardamento vo-

luntário e flexível de partes do processo produtivo ou de suprimen-

tos, até o pedido definitivo ocorrer.

É comum estocar os produtos (ou suas partes) na forma ain-

da não montada, ou pré-montada.

Para os casos em que o mesmo produto recebe marcas dis-

tintas, o postponement empregado é denominado postponement

de etiquetamento.

Quando existe variação do tipo de embalagem, aplica-se o

conceito do postponement de embalagem.

Ainda existem os tipos de montagem e de fabricação, mais

intensos em profundidade do nível de postergação de etapas pro-

dutivas.

Alguns custos podem aumentar com a aplicação do

postponement, em compensação aos custos ganhos com a redu-

ção das incertezas e perdas pela postergação voluntária. São au-

mentados os custos de fabricação, montagem, enquanto são re-

duzidos os custos de manutenção de estoques, de transportes,

dentre outros.

O postponement, antes de uma operação de postergação de

etapas, se constitui em uma estratégia de marketing e logística,

calibrada nos trade-off existentes na cadeia de suprimentos.

;

A r m a n d o O s c a r C a v a n h a F i l h o

p>

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: